Os 17 mais importantes Vikings em 2017: Nº 13, Teddy Bridgewater

 

Para contar os dias até os calouros dos Vikings, os quarterbacks e os veteranos selecionados se reportarem a Mankato em 23 de julho, vamos revelar nosso ranking dos 17 jogadores mais importantes do Vikings para a temporada de 2017.

 

Esta lista, criada por Matt Vensel e Andrew Krammer, não é um ranking dos melhores jogadores do time, talento com certeza é um dos fatores. É um ranking dos jogadores que terão, já na próxima temporada, um grande impacto para o time, seja para 2017 ou para o futuro.

 

Na 13ª posição de nossa lista, o QB Teddy Bridgewater.

 

—————

 

Teddy Bridgewater pode nem jogar um simples snap em 2017, com seu joelho sob reparo e Sam Bradford no vestiário, mas o que está por acontecer nos próximos seis meses com Bridgewater, mesmo que seja por traz dos panos, impactará significativamente os Vikings nos próximos anos.

 

Primeiro, recapitulando a intertemporada de Bridgewater. No início de janeiro, o técnico Mike Zimmer declarou Bradford seu QB titular para 2017 e alguns meses depois os Vikings declinaram a opção de 2018 de Bridgewater.

 

Depois em maio, ele surpreendentemente apareceu no campo para atividades, fazendo seus trabalhos de reabilitação e lançando a bola para recebedores desmarcados. De repente Zimmer parecia mais otimista com as chances de um retorno de Bridgewater, após sua lesão que colocou sua carreira em risco no ano passado. Tudo isso sugere que não devemos riscar a possibilidade de um retorno de Bridgewater aos campos ainda em 2017.

 

Bridgewater, enquanto isso, continua sem falar publicamente com a imprensa, desde sua lesão, forçando aos fãs e a mídia a lerem suas postagens enigmáticas nas mídias sociais.

 

Ainda parece mais provável que Bridgewater comece os próximos treinos na lista de “incapazes” e possivelmente passe a temporada inteira na lista de reservas machucados, o que significaria que seu contrato seria validado para 2018, o mantendo sobre controle do time.

 

Mesmo que Bridgewater não seja liberado para jogar em 2017, se ele completar sua reabilitação e os Vikings se sentirem confiantes de que o jogador de 24 anos possa retornar a sua nada espetacular forma mostrada nas duas primeiras temporadas, eles ainda sim podem vê-lo como seu QB para o futuro, especialmente se Bradford não consolidar sua impressionante primeira temporada em Minnesota.

 

Se o retorno de Bridgewater estagnar e sua carreira continuar em risco, os Vikings podem optar por renovar com Bradford, que começando como titular em 2017 terá algo a dizer também. Ou, eles poderão escolher um novo QB na classe recheada de 2018 e torcer para dar certo.

 

Estes são os motivos pelos quais Bridgewater é um dos mais importantes jogadores de 2017, mesmo que tenha zero impacto na temporada deste ano.

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.