Os 17 mais importantes Vikings em 2017: Nº 8, Stefon Diggs

 

 

Para contar os dias até os calouros dos Vikings, os quarterbacks e os veteranos selecionados se reportarem a Mankato em 23 de julho, vamos revelar nosso ranking dos 17 jogadores mais importantes do Vikings para a temporada de 2017.

 

Esta lista, criada por Matt Vensel e Andrew Krammer, não é um ranking dos melhores jogadores do time, talento com certeza é um dos fatores. É um ranking dos jogadores que terão, já na próxima temporada, um grande impacto para o time, seja para 2017 ou para o futuro.

 

Na 8ª posição de nossa lista, o WR Stefon Diggs.

 

—————

 

Com excelente explosão a curta distância e habilidade de separação, o WR Stefon Diggs, em suas duas primeiras temporadas na NFL tem provado ter sido um “achado” em 2015 na escolha de quinto round, mas ainda precisa se estabelecer como uma estrela, apesar de ocasionalmente tentar os Vikings, quando aterrorizando os jogadores das secundárias adversárias.


O jogador de 87 kgs tem brigado com lesões e inconsistência durante sua jovem carreira – as duas coisas talvez tenham andadas juntas.


Diggs em 2016 perdeu um jogo por conta de uma lesão na virilha, um jogo por lesão no joelho e outro por lesão no quadril. Ele foi listado como questionável ou duvidoso no relatório oficial de lesões em seis dos últimos doze jogos do time.


Nesta primavera, meses após Diggs finalizar a temporada perto da marca de 1000 jardas, muito por causa de não ter jogado no último jogo de 2016, coloca a culpa em si mesmo pelas lesões, dizendo “coisas deste tipo são minhas, preciso ficar saudável” e promete tomar providências para evitar os mesmos problemas no futuro.


Quando saudável, Diggs tem parecido por alguns momentos o novo Antonio Brown.


Na semana 2, o primeiro jogo real na história do U.S. Bank Stadium, Diggs bagunçou com os Packers anotando 182 jardas e 1 touchdown. Em seu retorno ao estado natal de Maryland, na semana 10, Diggs recebeu 13 passes para 164 jardas na derrota para os Redskins. Este foi seu segundo jogo consecutivo com 13 recepções.


Na próxima semana, em compensação, a estrela dos Cardinals Patrick Peterson o tornou invisível. (Para ser franco, Peterson faz isso com a maioria dos recebedores). Após isso, mais lesões apareceram e Diggs totalizou apenas 156 jardas após a semana 11.


Para Diggs se tornar uma estrela como WR que os Vikings têm aguardado desde a troca de Randy Moos, ele precisa trazer seu jogo mais vezes e para isso, ele precisa estar relativamente saudável mais semanas.


Se isto acontecer em 2017, o jogador de 23 anos será uma boa aposta para se tornar o primeiro Viking a chegar em 1000 jardas recebidas desde Sidney Rice em 2009. E talvez, apenas talvez, os Vikings pela primeira vez na era Mike Zimmer terão um ataque aéreo que os defensores realmente temerão.

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.