Batalhas de posições para se acompanhar neste Training Camp

 

Hoje dia 23, os calouros de 2017 dos Vikings e mais alguns jogadores selecionados pelo time, se apresentam para o início do Training Camp (treinos de final de julho - começo de agosto, preparatórios para pré-temporada). Nos Training Camps é que os times podem de fato, iniciar os trabalhos pesados de preparação do time, organizar partidas entre ataque e defesa com contato dos jogadores, protetores peitorais são autorizados para o treino, é quando as "batalhas de posições" realmente começam a esquentar.

 

Listamos neste post, quais deverão ser as principais notícias entre a disputa por posições no time titular para a temporada 2017. (lembrando que hoje os times podem conter até 90 jogadores no elenco e dia 2 de setembro, reduz-se para 53 jogadores, para início da temporada).

 

Posição Punter

 

Nomes nesta disputa: Ryan Quigley e Taylor Symmank

 

Ryan Quigley e Taylor Symmank tem trajetórias bem opostas até suas chegadas aos Vikings. Quigley (27 anos) entrou na NFL como undrafted (não escolhido no Draft) em 2012, desde então já rodou por times como Bears, Jets, Eagles, Jaguars e Cardinals, antes de chegar a Minnesota. No outro lado, Symmank (24 anos) terá sua primeira real chance de vencer uma batalha pelo trabalho de Punter da NFL, tendo sido cortado pelos Vikings na intertemporada passada, após alguns treinos pelo time. Durante o minicamp deste ano, muitos jornais tem dado ênfase a força da perna de Symmank, sua ótima angulação nos chutes e tempo de bola no ar. Por estes fatos e pelas notícias que circulam pelos jornais do estado, minha opinião é que Taylor Symmank consiga enfim debutar na liga em 2017.

 

Escolha do VikingsFA: Taylor Symmank.

 

Posição Kicker

 

Nomes no elenco nesta disputa: Kai Forbath e Marshall Koehn

 

Assim como os Punters do time, Kai Forbath e Marshall Koehn também possuem caminhos opostos até suas chegadas ao time. Forbath (29 anos) é um experiente Kicker da liga, já tendo jogado em vários times (5 com os Vikings) antes de se tornar o atual dono da posição no time. Já Koehn também é "novato" na NFL, tendo sua primeira aparição no ano passado, treinando pelos Dolphins na intertemporada, antes de ser cortado na disputa pela posição. Forbath trouxe um pouco de "paz" ao time, no meio do ano passado, após a demissão de Blair Walsh, acertando todos os FG's que teve pelo time, porém deixou a desejar nos pontos extras, errando 3 dos 14 tentados. O time precisa de consistência e um bom preparo mental de seu K, para evitar novos fracassos como a derrota de Wild Card em 2015 para o Seahwaks, que ainda nos assombra, mas com menor idade e alguns elogios públicos do técnico de especialistas Mike Priefer sobre Koehn, deixo um palpite ousado (o mais incerto e questionável desta lista, sem dúvidas) da escolha de Koehn para esta vaga.

 

Escolha do VikingsFA: Marshall Koehn.

 

Posição Center

 

Nomes no elenco nesta disputa: Pat Elflein e Nick Easton

 

Nick Easton é jogador produto da universidade de Harvard, começou na NFL como agente livre em 2015, contrato assinado com o Baltimore Ravens, mas foi trocado pelo time para jogar pelos 49ers no mesmo ano. Em 2016, os Vikings trocaram Gerald Hodges por Easton + uma escolha de sexta rodada. Jogador jovem de 25 anos, que já iniciou algumas partidas pelo time, durante a temporada passada.

Pat Elflein (23 anos) é calouro selecionado na terceira rodada de 2017, jogador da universidade de Ohio State, foi peça chave para o sucesso da estrela Ezekiel Elliot, responsável por orquestrar os buracos feitos pela linha e liberar espaços para o corredor hoje nos Cowboys. Vencedor do troféu Rimington (melhor C universitário), jogou por 3 anos na posição de RG, antes de finalizar sua carreira de College como Center. Ambos jogadores são novos e disputam a única vaga de linha ofensiva ainda aberta em 2017, pela versatilidade e por já ter experiência em mais de uma posição de linha, Pat Elflein chega para se tornar o inicio da renovação desta tão conturbada linha.

 

Escolha do VikingsFA: Pat Elflein.

 

Posição Outside Linebacker

 

Nomes no elenco nesta disputa: Emmanuel Lamur e Edmond Robinson

 

Lamur é figurinha conhecida do técnico Zimmer, tendo jogado pelo Bengals em sua fase de coordenador defensivo por lá. O jogador de 28 anos chegou em Minnesota na temporada passada após um ano de reserva no time de Cincinnati, com porte físico avantajado (parecido com Barr) tem um histórico ruim a seu favor quanto a lesões, perdendo a temporada de 2013 inteira, por problemas com seu ombro. Robinson, jogador selecionado pelos Vikings em 2015 na sétima rodada, é produto da universidade de Newberry. Já presente no elenco desde o início da era Zimmer, jogou algumas partidas em 2015 e 2016 como reserva de Barr, anotando bons números e mostrando valor para composição do elenco. A disputa por esta vaga será uma das mais monitoradas pelo técnico Zimmer (conhecido guru defensivo) e deverá ser respondida apenas no final de Agosto, após vários testes que o técnico costuma empregar aos seus jogadores.

*Ben Gegeon merece uma observação nesta disputa, sua real posição é de MLB, mas com esta vaga já muito bem definida para Kendricks, este calouro de quarta escolha poderá "incomodar" por uma vaga no time titular. (Zimmer não costuma lançar calouros defensivos direto no time principal, mas é um nome a se lembrar, já que a vaga de WLB foi deixada pelo icônico Greenway este ano).

 

Escolha do VikingsFA: Emmanuel Lamur.

 

Posição Running Back

 

Nomes no elenco nesta disputa: Dalvin Cook e Latavius Murray

 

Latavius Murray é um veterano com 4 temporadas no currículo (jogando pelo Oakland Raiders), sendo 2017 sua primeira no time de Minnesota. Contratado nesta intertemporada para preencher uma enorme lacuna, com a saída de Adrian Peterson, Murray chegou no time com status de RB1, com bons números em sua passagem por Oakland, até que o Draft chegou. Dia 28 de abril de 2017, o time dos Vikings anuncia uma troca de posições no Draft, adiantando sua escolha em 7 posições para selecionar o RB de Florida State Dalvin Cook. O jovem jogador de 21 anos, traz números bem expressivos de suas 3 temporadas no futebol universitário, com 48 TD's (2 deles de jogadas aéreas) e mais de 4400 jardas terrestres. Ambos jogadores devem ser uma melhora para o time na posição, se tratando de proteção ao passe e recepções de jogadas aéreas (problemas constantes na década passada com AP no time), porém com um período de recuperação contra (cirurgia feita no tornozelo, 1 semana após assinar com o time), Murray inicia esta disputa pela vaga de titular atrás do calouro Cook, por estar sem entrosamento com o primeiro time (nos treinos desta primavera, Cook dividiu o campo com McKinnon durante todos os exercícios) e por ainda não estar 100% apto para voltar.

 

Escolha do VikingsFA: Dalvin Cook.

 

Posição Defensive Tackle

 

Nomes no elenco nesta disputa: Will Suton, Tom Johnson, Datone Jones e Sharrif Floyd

 

Esta talvez seja a posição de maior incerteza do time no atual momento. Com a opção de quinto ano de contrato de Floyd garantida, é claro que o time fará todo o possível para manter o jogador em campo, porém devido a uma lesão em seu joelho, agravada por problemas com nervos no quadril em 2016 ainda mantem o DT fora dos campos em 2017. Trabalhando em sua recuperação, cogitou-se uma possível aposentaria do jogador nesta intertemporada, mas com constantes visitas aos melhores médicos do país, o quinto anista fará mais uma vez, um esforço além do normal para seguir com sua carreira na NFL. Will Sutton e Datone Jones (Chicago Bears e Green Bay Packers respectivamente) são promessas vindas dos principais rivais de divisão. Ambos jogadores nascidos na década de 90, foram "liberados" pelos seus times para testar o mercado nesta intertemporada. Sutton, DT de tempo integral é mais jovem (25 anos) enquanto Jones faz transição da posição de LB (onde jogava pelos Packers) para DT/DE (posições que jogava no College). Tom Johnson é um veterano bem mais experiente, com seus 32 anos o jogador já teve passagens por outros times da NFL e CFL antes de chegar aos Vikings em 2014. Sempre peça utilizada na rotação da posição, teve sua melhor temporada com o time em 2015, quando anotou 36 tackles e 5,5 sacks. No seu quarto ano com o time, poderá ter a chance de se tornar titular nesta posição ainda sem definição.

 

Escolha do VikingsFA: Tom Johnson.

 

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.