Relatório: Jogo 5 Temporada Regular – Vikings 20 x 17 Bears

Sem tomar posse e analisar os filmes do jogo, segue a primeira impressão desta partida e relatório do quinto jogo de temporada regular dos Vikings.

 

Relatório VikingsFA: Jogo 5 Temporada Regular – Vikings 20 x 17 Bears
 
Pontuação do jogo:

 
1o. Quarto
 
CHI    SF       S.Bradford sack por L.Floyd na endzone para Safety (01:38) 


2o. Quarto

 

MIN   FG       K.Forbath 26 jardas Field Goal (01:06)

 
3o. Quarto

 

MIN   TD      K.Rudolph 13 jardas, passe C.Keenum (K.Forbath ponto extra) (08:16)

CHI    TD      B.Cunningham 38 jardas, passe P.O'Donnell (C.Barth ponto extra) (05:33)
MIN   TD      J.McKinnon 58 jardas, corrida (K.Forbath ponto extra) (03:31)


4o. Quarto

 

CHI    TD      Z.Miller 20 jardas, passe M.Trubisky (C.Barth ponto extra) (12:24)
MIN   FG      K.Forbath 26 jardas Field Goal (00:16)


BOAS NOTÍCIAS:

 

Defesa: Mais uma vez, a defesa dos Vikings fez seu papel nesta partida, eliminando a principal arma dos Bears, o jogo corrido. O time de Minnesota limitou o ataque corrido dos Bears a 115 jardas, em especial J. Howard que conseguiu pouco mais de 75 jardas em 19 carregadas. No total, o time forçou 2 turnovers (1 fumble e 1 interceptação) e manteve o ataque dos Bears a menos de 300 jardas totais.

 

Turnovers: O que havia sido um grande problema para o time na última partida contra os Lions, quando o time deixou escapar 3 interceptações, mudou completamente neste jogo. Com um strip sack de Everson Griffen no final do segundo quarto (que virou um fumble recuperado por Joseph) e uma interceptação de Harrison Smith nos últimos minutos da partida, deixaram o time com a vantagem na batalha de turnovers e consequentemente deram a vitória para a equipe de Minnesota.

 

Kyle Rudolph: O grande TE dos Vikings apareceu na partida, com 6 recepções para 45 jardas (2 delas para primeira descida) e 1 TD. O jogador que vinha sendo discreto no quesito recepções nesta temporada, pareceu mais envolvido no jogo aéreo e deu segurança aos passes curtos no meio de campo.

 

NOTÍCIAS NÃO TÃO BOAS ASSIM:

 

Sam Bradford: Após uma semana de muitas incertezas e relatórios sobre o retorno ou não do jogador para esta partida, Bradford iniciou o jogo como titular dos Vikings e assim o fez até quase o final do primeiro tempo. Claramente desconfortável, com passes atípicos e relutante nos passes (várias bolas lançadas acima dos recebedores), Bradford não parecia estar pronto para retornar aos gramados e comprometeu o ataque do time no primeiro tempo (evidenciado nos 4 sacks sofridos, 3 deles por culpa e problemas do próprio jogador segurando a bola mais que o normal e sem mobilidade alguma).

 

Penalidades: Voltamos a velha e desesperadora máxima das penalidades da equipe de Minnesota, tanto na parte defensiva, como na parte ofensiva do time. Algumas primeiras descidas cedidas pela defesa, com saídas falsas e seguradas dos adversários, mantiveram os Bears em campo por mais tempo que o necessário e alimentaram o segundo TD do time na partida. No ataque, seguradas da linha ofensiva e dos WR's impediram o time de controlar melhor o relógio e alargar o placar do jogo. Ao todo, foram 9 faltas para 69 jardas. 

 

Jogo aéreo: Ao contrário do que temos visto nesta temporada, o time dos Vikings não conseguiu engrenar seu jogo aéreo contra os Bears, que foi limitado por uma defesa questionável quanto a este tipo de jogo. Foram apenas 176 jardas aéreas totais, sendo o principal recebedor do jogo o RB McKinnon. Thielen (34 jardas) e Diggs (4 jardas) que haviam começado a semana 5, como 2 dos 3 recebedores com mais jardas recebidas da liga, passaram praticamente em branco no jogo, combinando para apenas 6 recepções.

 

Time de especialistas: Sim, time de especialistas como um todo merece passar uma semana de castigo após o jogo deste MNF. Os Vikings cederam um TD de Fake Punt, para 38 jardas, em um passe no meio de campo, onde o recebedor dos Bears praticamente não teve contato e correu livremente até anotar o TD. Este tipo de "erro", poderia ter confirmado uma vitória dos Bears e mais do que nunca, deve ser abominado de um time que tem aspirações aos playoffs. Falta de atenção dos defensores no meio de campo pode custar vitórias e a classificação do time para a pós-temporada.

 

Destaque do Jogo: 

 

Jerick McKinnon: O jogador seria o RB2 nesta partida, atrás de Latavius Murray, mas mostrou rapidamente neste jogo que não esta no time apenas para compor elenco. Em 16 carregadas no jogo, anotou quase 100 jardas terrestres, liderou o time em passes recebidos e marcou um belo TD de 58 jardas no finalzinho do terceiro período. Mesmo tendo sofrido um fumble num retorno de kickoff (que saiu pela lateral do campo), o jogador se mostra bastante consistente desafiando a defesa adversária por jardas extras em praticamente todas as suas jogadas. Após a apresentação deste MNF, deveremos ter muito mais jogadas de McKinnon como RB do time.

 

Lideres dos Vikings no jogo:

 

Case Keenum: 17-21 / 140 jardas / 1 TD

Jerick McKinnon: 16 corridas / 95 jardas / 1 TD

Jerick McKinnon: 6 recepções / 51 jardas

Linval Joseph / Trae Waynes: 6 tackles (cada)

 

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.