Em busca do equilíbrio - Minnesota Vikings

Não existe uma fórmula perfeita no Futebol Americano. Porém, a palavra chave a ser buscada por toda equipe que queira ter sucesso na NFL, é o equilíbrio. E é exatamente isso que Mike Zimmer quer nos Vikings na temporada que se inicia em Setembro.

Quem acompanha os esportes americanos há mais tempo com certeza já escutou a célebre frase de Phill Jackson que diz: ataques ganham jogos, defesas ganham campeonatos. Pois bem, o técnico do Chicago Bulls (me desculpem por esta citação) não estava errado, porém, mais que apenas um grande ataque, ou apenas uma grande defesa, o equilíbrio é que faz um time conquistar um Super Bowl.

Para provar, nada melhor que a última temporada dos Vikings. Enquanto nossa defesa apresentava números consistentes, o ataque alternava, principalmente dentro dos jogos, uma variação de rendimento indesejada, como no jogo que ficou marcado pelo Milagre de Minnesota.

Após um primeiro tempo perfeito equilibrado, com defesa e ataque em sintonia, nosso ataque parou de funcionar, com isso, a defesa passou a ser mais exigida e também não ‘segurou as pontas’. Diante deste cenário, Spielman, Zimmer e a comissão técnica aproveitaram bem a free agency para realizar contratações pontuais, principalmente para o ataque, que entre as duas unidades era onde sofríamos maior variação de performances.

A começar com a troca do Quarterback, onde Keenum, apesar da excelente temporada, será substituído por Kirk Cousins, um QB que finalmente terá tudo para provar que é um jogador de elite. Para protegê-lo, buscamos no Draft o promissor OT Brian O’Neill. Além dele, o time terá o reforço na volta do jovem e promissor RB, Dalvin Cook, que havia lesionado-se no início da última temporada e formará com Latavius Murray um dos melhores jogos corridos da liga. No corpo de recebedores, Stefon Diggs, Adam Thielen e o TE Kyle Rudolph ainda terão o auxílio de Laquon Treadwell, Kendall Wright e do promissor Brandon Zylstra.

Na defesa além de manter praticamente todas as peças que fizeram dos Vikings uma das, se não a melhor defesa da NFL, buscamos o DT Sheldon Richardson, que deve dar um profundidade diferente no que diz respeito ao combate contra o jogo corrido e aumentará a pressão sobre o QB adversário. Além é claro de reforçar nossa secundária com a escolha de primeira rodada no Draft, do Cornerback Mike Hughes.

No special team, a expectativa é para que Daniel Carlson se torne um dos melhores Kickers da NFL, afinal de contas, para justificar uma seleção de um jogar desta posição em uma quinta rodada de Draft, o mínimo que se espera é que ele tenha acima de 85% de aproveitamento nos field goals. Diante disso, está difícil não se empolgar com o time que temos. Mas é importante saber que assim como nós nos reforçamos tão bem, outros times que já eram fortes, também fizeram o mesmo. Eagles e Rams, ambos da nossa conferência são exemplos disso. Do outro lado, os Jaguars também souberam aproveitar bem o salary cap para melhorar ainda mais sua equipe. Além disso, Patriots, Chargers, Texans, Steelers, Saints e Falcons fecham o meu top 10 com a gente figurando entre os três melhores de toda a NFL.

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Redator VikingsFA: Felippe Drummond

  

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.