Relatório: Jogo 1 Temporada Regular – Vikings 24 x 16 49ers

 

Salve galera e torcida do sangue roxo; Foi dada a largada para mais uma temporada da NFL, neste domingo a equipe do Minnesota Vikings recebeu em seus domínios o badalado time de San Francisco, que chegou para 2018 com inúmeros reforços e com força para brigar por sua vaga nos playoffs da NFC deste ano.

 

Um jogo muito disputado, principalmente na parte defensiva, onde ambos os times anotaram sacks, tackles for loss e fumbles, porém apenas um deles conseguiu vencer a batalha dos turnovers e sair com a vitória deste confronto. Muitas jogadas explosivas, de grandes jardas cedidas e batalhas entre a mente ofensiva de Shanahan contra o guru defensivo Zimmer, listamos abaixo as principais informações sobre esta primeira disputa de temporada regular da equipe de Minnesota em 2018.

 

Relatório VikingsFA: Jogo 1 Temporada Regular – Vikings 24 x 16 49ers

 

Pontuação do jogo:

 

1o. Quarto

 

MIN     FG       D.Carlson 48 jardas. Field Goal (3:56)

 

2o. Quarto

 

MIN     TD        S.Diggs 22 jardas, passe de K.Cousins (D.Carlson ponto extra) (13:39)

SF         FG       R.Gould 42 jardas. Field Goal (11:42)

 

3o. Quarto

 

MIN     TD        M.Hughes 28 jardas, retorno de interceptação (D.Carlson ponto extra) (10:41)

SF         FG        R.Gould 33 jardas. Field Goal (9:15)

MIN     TD        K.Rudolph 11 jardas, passe de K.Cousins (D.Carlson ponto extra) (4:22)

SF         TD        D.Pettis 22 jardas, passe de J.Garoppolo (R.Gould ponto extra) (0:31)

 

4o. Quarto

 

SF         FG        R.Gould 22 jardas. Field Goal (8:09)

 

 

 

BOAS NOTICIAS:

 

Defesa: Fazemos questão de listar não apenas o front 4 ou a secundária da equipe, mas sim a DEFESA do time de Minnesota como um todo. Logicamente, algumas jogadas não deveriam ser tidas como uma boa noticia, porém o time como um todo mostrou porque deve ser respeitado pela NFL e é considerado como uma das melhoras defesa de toda a liga. Sacks, Interceptações, Fumble forçado, Tackles for Loss, foi um show de como ser uma defesa e impor a força neste lado da bola para os outros 31 times da NFL. Os comandados de Mike Zimmer não mostraram piedade e sacramentaram a primeira vitória da equipe de Minnesota na temporada, acabando com a invencibilidade de Garoppolo na liga. Belo começo para os Vikings nesta temporada de 2018.

 

Dalvin Cook no jogo aéreo: Ele voltou! Mesmo não sendo a melhor apresentação de Dalvin Cook na NFL, ele esta de volta. Com modestos números correndo com a bola (16 carregadas para 40 jardas), o RB segundo anista da equipe de Minnesota mostrou um bom sincronismo com Cousins recebendo bolas, foram 6 recepções para 55 jardas. Por mais que o jogo corrido em si não tenha sido um ponto forte do time nesta partida, o retorno de Cook com um forte jogo aéreo enaltece e auxilia demais a química e o entrosamento de nosso novo QB junto a equipe.

 

Mike Hughes: Quem reclamava da equipe dos Vikings no draft deste ano, porque o time preferiu escolher um CB ao invés de trazer um jogador para reforçar nossa linha ofensiva, começou a temporada de 2018 de bico calado (O redator que vós escreve, é um deles). Com 3 tackles, 3 passes desviados, 1 interceptação retornada para TD e um punt finalizado na linha de 4 jardas como Gunner, o calouro mostrou porque Mike Zimmer e companhia tem sido os gurus dos Drafts na NFL e arrasou em sua primeira partida profissional na liga. Três estrelas para o número 21 e que possa continuar com esses impressionantes momentos, como pudemos ver na partida 1 de sua carreira.

 

Kirk Cousins + Recebedores: Aos temerosos e críticos de plantão, nosso novo QB e sua química com os recebedores da equipe, não parece ser mais uma dúvida. Com passes para 7 recebedores diferentes, TD's onde a bola praticamente foi colocada no colo dos recebedores e cuidado e policiamento para evitar turnovers da equipe, Kirk Cousins se saiu muito bem em sua estréia de temporada regular com o time e o mais importante, mostrou que Diggs, Thielen e companhia não precisam se preocupar com a qualidade dos passes "atirados" pelo seu novo comandante e capitão ofensivo.

 

 

NOTICIAS NÃO TÃO BOAS ASSIM:

 

Tom Compton: A grande dúvida da equipe dos Vikings em 2018, por muito já comentado, era o comportamento de nossa linha ofensiva. Após inúmeros contratempos e ajustes, o time inicia o ano com um grupo ainda se "conhecendo" e nesta primeira partida, já pudemos perceber que ainda existe muito trabalho a ser feito. Tom Compton em especial, mostrou que precisará melhorar suas habilidades para se provar um confiável titular nesta linha, dado a dificuldade de bloquear os jogadores da linha defensiva adversária (em especial DeForest Buckner) e acertar seu sincronismo com o restante da equipe, para extinguir as saídas falsas do ataque dos Vikings e auxiliar melhor nas jogadas de jogo corrido.

 

Defesa contra TE's: Removendo os números do TE da equipe de San Francisco, o time dos Vikings cederam apenas 171 jardas aéreas para o elenco dos 49ers, o que representa um excelente número para uma defesa de NFL, porém os defensores tiveram problemas imensos para marcar Kittle e amargaram quase 100 jardas aéreas apenas deste jogador. É bom Mike Zimmer e companhia começar a trabalhar sua equipe nesta área do campo, já que Packers, Eagles e Patriots são times no caminho dos Vikings e comumente conhecidos por usar muitos estes grandes alvos de meio de campo.

 

Jogo Corrido: 116 jardas terrestres totais, até que não aparenta ser um péssimo número, mas apenas 27 corridas para 82 jardas foram oriundas de RB's da equipe. Entendemos que é inicio de temporada, nossa linha ofensiva ainda esta buscando sua sintonia e sincronismo para o decorrer da temporada, mas o time de Minnesota sabe muito bem como é importante trabalhar a bola pelo chão e deixar as defesas adversárias "honestas" contra o ataque adversário, por isso, jogadores do uniforme roxo devem pegar pesado nesta semana para encontrar ritmo e trabalhar melhor as jogadas terrestres para a semana 2.

 

 

DESTAQUE DA RODADA:

 

Harrison Smith: Depois de terminar a temporada de 2017 com muitas criticas, pelo jogo dos playoffs contra os Eagles, nada melhor do que uma excepcional partida para recolocar-se em seu devido lugar, um dos melhores jogadores da NFL. Smith anotou "apenas" 8 tackles (2 deles para perda de jardas), recuperou um fumble forçado por Joseph, na linha de 1 jarda para o eminente TD dos 49ers, fez um sack em cima do Jimmy G. e não basta-se esta maravilhosa exibição do camisa 22, sacramentou a vitória dos Vikings com uma interceptação no final da partida, terminando a campanha ofensiva do time de San Francisco e trazendo a primeira vitória da equipe nesta temporada.

 

Defensive Player Of the Year?!?!?!

 

 

Lideres dos Vikings no jogo:

 

Kirk Cousins: 20-36 / 244 jardas / 2 TD's
Latavius Murray: 11 corridas / 42 jardas
Adam Thielen: 6 recepções / 102 jardas

Harrison Smith: 8 tackles (7 solo) / 2 Tackles For Loss / 1 Fumble recuperado / 1 Interceptação / 1 sack

 

Highlights

 

 

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.