Relatório: Jogo 4 Temporada Regular – Vikings 31 x 38 Rams

 

Salve galera e torcida do sangue roxo; Jogo no meio da semana, time viajando mais de 2000 kms, para enfrentar o invicto time dos Rams, tarefa nada fácil para os comandados de Mike Zimmer. Pra quem pode assistir o jogo, uma aula ofensiva de ambos os times, inúmeros passes, mais de 1000 jardas combinadas, um show de futebol americano.

 

Por outro lado, muitos problemas defensivos, principalmente da equipe do Minnesota, o que se tinha como um grande jogo na parte dos times de defesa, acabou sendo uma verdadeira batalha aérea, onde jogadores anotaram números que a muito tempo não se falava na NFL (QB com Rating perfeito, WR com mais de 100 jardas e 5 recepções nas 4 primeiras partidas da temporada). Começamos agora o quarto relatório de temporada regular do VikingsFA.

 

 

Relatório VikingsFA: Jogo 4 Temporada Regular – Vikings 31 x 38 Rams

 

Pontuação do jogo:

 

1° Quarto

 

MIN     TD        A.Robinson 16 jardas, passe de K.Cousins (D.Bailey ponto extra) (7:55)

LAR      TD        T.Gurley 8 jardas, passe de J.Goff (S.Ficken ponto extra) (1:55)

 

2° Quarto

 

MIN     FG        D.Bailey 37 jardas, Field Goal (10:10)

LAR      TD        C.Kupp 70 jardas, passe de J.Goff (S.Ficken ponto extra) (9:28)

MIN     TD        A.Robinson 17 jardas, passe de K.Cousins (D.Bailey ponto extra) (8:04)

LAR      TD        C.Kupp 19 jardas, passe de J.Goff (S.Ficken ponto extra) (3:47)

LAR      TD        B.Cooks 47 jardas, passe de J.Goff (S.Ficken ponto extra) (1:26)

MIN     FG        D.Bailey 39 jardas, Field Goal (0:06)

 

3° Quarto

 

LAR      FG        S.Ficken 34 jardas, Field Goal (5:26)

MIN     TD        A.Thielen 45 jardas, passe de K.Cousins (L.Murray 2 pontos, passe de K. Cousins) (3:35)

LAR      TD        R.Woods 31 jardas, passe de J.Goff (S.Ficken ponto extra) (1:09)

 

4° Quarto

 

MIN     FG        D.Bailey 40 jardas, Field Goal (3:50)

 

 

BOAS NOTICIAS:

 

Time de Especialistas: Enfim!!!! Depois de uma montanha russa de emoções com o time de especialistas da equipe dos Vikings, um pouco de tranquilidade neste grupo. O primeiro chute de Bailey teve lá suas emoções, com o ponto extra batendo na trave antes de entrar, mas a chegada do K parece ter acalmado este time bastante discutido na equipe. Os punts e coberturas de retorno, também pareceram sólidos e foram satisfatórios no jogo desta quinta-feira.

*Nosso LS, McDermott, machucou um dedo de sua mão e ficou de fora de alguns snaps do grupo, dando lugar ao nosso hibrido TE/LS David Morgan.

 

Linha Ofensiva: Ok, ok, não foi uma excepcional apresentação da equipe dos Vikings, porém, pera lá! O time dos Vikings jogou contra uma das melhores linhas defensivas da NFL, composta por nada mais, nada menos que Donald e Suh, que no primeiro tempo do jogo, não encostaram nenhum dedo em Kirk Cousins. Ok, terminamos a partida sofrendo 4 sacks ao todo, sofridos no 2° tempo e praticamente nada de jogo corrido (54 jardas), mas comparados com o show de horror do encontro passado, com uma linha muito inferior a dos Rams, estamos caminhando num rumo melhor neste grupo, principalmente com a volta do saudoso Pat Elflein.

 

Jogo Aéreo: Não é nenhuma novidade que os Vikings possuem uma das melhores duplas de WR's de toda a NFL. Nesta quinta, Diggs e Thielen combinaram para 19 recepções, 258 jardas e 1 TD, aumentando ainda mais as estatísticas desta dupla maravilhosa e colocando Thielen como o primeiro WR, desde Randy Moss em 2007, a anotar pelo menos 100 jardas e 5 recepções nas 4 primeiras partidas de uma temporada da NFL. Esquecemos de algo aqui, ah sim, Aldrick Robinson, o recém chegado recebedor (10 dias com a equipe) anotou não 1, mas 2 TD's junto a equipe, mostrando o porque sua presença pode ser importante ao longo da temporada.

 

NOTICIAS NÃO TÃO BOAS ASSIM:

 

Apagão defensivo: ALERTA!!! O time que cedeu média de 15-16 pontos por partida em 2017, esta agora permitindo que os times adversários anotem média de 17-18 pontos por tempo. Depois de mais de 17 anos, um QB consegue, na NFL, fechar o jogo com rating perfeito (158,3, minimo 30 passes). A defesa mais temida pelos adversários em 2017, agora sofre e enfrenta dificuldades para ajustar seu jogo frente aos ataques opostos. Problemas cedendo muitas jardas em jogo corrido, mismatchs por parte das chamadas adversárias, dificuldade de ajuste de jogo na volta dos vestiários, Zimmer precisa colocar o time novamente nos trilhos, para quem sabe trazer a identidade de Poderosa defesa da NFL.

*Mais de 550 jardas totais para a equipe dos Rams neste jogo, o maior número de jardas cedidas pelos Vikings na era Zimmer.

 

Controle do relógio: Nenhuma novidade, a equipe dos Vikings tendo problemas para cuidar e administrar o relógio, no final dos tempos. Hoje não foi diferente! No final do 2° período, o time perdia por 28 a 17, com um tempo no relógio e algumas jardas em campo para tentar o TD, acabou por se atrapalhar, chamando o tempo na hora errada e impedindo o ataque de tentar novas descidas, resultado, o time foi obrigado a chutar o FG e sair com 8 pontos deficitários nos placar. Este tipo de cuidado com a posse de bola e as situações de relógio, precisam, urgentemente mudar. Se o conselho serve, McVay (técnico dos Rams) disse ter contratado uma pessoa, cuja função no time é cuidar e administrar estas situações, para evitar desperdício de jogadas e pontos nos jogos. Mais do que na hora de Zimmer considerar esta contratação para seu grupo de técnicos.

 

Anthony Barr: Não é justo, nem válido, apontar/creditar todos os problemas de uma derrota em apenas 1 peça, 1 jogador, 1 único culpado. Certo, mas hoje, Barr merece ser cutucado e lembrado que seu jogo esta em um nível abaixo do que foi apresentado durante sua carreira pelos Vikings. 3 TD's foram anotados pela equipe dos Rams, em jogadas onde a marcação do recebedor era focada pelo nosso LB. Esta certo que grande parte destes TD's, se deve ao brilhante Sean McVay (técnico dos Rams), identificando os problemas de cobertura e marcação da defesa dos Vikings, isolando jogadores muito mais velozes para a marcação de Anthony, através de trocas nas rotas de seus WR's.  O resultado, pudemos ver ao longo do jogo. Independente das jogadas desfavoráveis para marcação, por conta destas chamadas ofensivas de McVay, vimos também um Anthony Barr com problemas de velocidade, de cobertura de passes e levanta o sinal de alerta em Minnesota, já que o LB está em seu último ano de contrato e ainda não renovou com a equipe para 2019...

 

 

DESTAQUE DA RODADA:

 

Kirk Cousins: O time dos Vikings não saiu com a vitória de Los Angeles, mas a performance de Cousins foi digna de QB elite da NFL. Corridas decisivas para mover as correntes do ataque, passes milimétricos para TD's, movimentações que enganaram a defesa adversária, ajudando os recebedores com bolas livres no meio do campo, o general do ataque dos Vikings não deixou a desejar em sua apresentação neste TNF e por um movimento de passe, que acabou resultando em fumble, não estamos falando em uma possível campanha de empate no finalzinho do jogo. Seu segundo jogo para mais de 400 jardas nas últimas 3 semanas, mostram o porque dos Vikings terem investido tanto dinheiro neste jogador que já mudou a cara do ataque deste time.

 

 

Lideres dos Vikings no jogo:

 

Kirk Cousins: 36-50 / 422 jardas / 3 TD's

Kirk Cousins: 4 corridas / 28 jardas
Adam Thielen: 8 recepções / 135 jardas / 1 TD

Mike Hughes: 7 tackles (7 solo) / 1 fumble forçado

 

Highlights

 

 

Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

MVP – Minnesota Vikings Podcast 055 – Vikings NFL Draft 2019

02.05.2019

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Vikings FA é um site sobre o Minnesota Vikings em português sem qualquer vínculo com o time da NFL. Toda informação contida no site é de responsabilidade do criador deste ou, quando traduzido, do autor de determinado texto e não reflete qualquer opinião do Minnesota Vikings, da NFL, ou qualquer outro time da liga.

© 2017-2019 por VikingsFA.